FAQ The Moneytizer

Perguntas quanto aos produtos do Google (DFP, Adsense, SEO)



Os vossos tags são compatíveis com o servidor de anúncios Google DFP ?

Os nossos tags JavaScript são perfeitamente compatíveis com o Google DFP. No entanto, é imperativo desmarcar a caixa « Difundido num frame SafeFrame » para permitir que os nossos parceiros acedam às informações do seu website.
Em casos muito raros, é possível que o DFP « rejeite » durante um certo período os tags de The Moneytizer (ou os de qualquer outra rede publicitária). Neste caso, a única solução é esperar um dia ou dois e substituir os tags seguindo o procedimento normal.

O vosso serviço é compatível com o Google Adsense ?

Os nossos anúncios são 100% compatíveis com os formatos do Google Adsense.
Atenção : Se já tiver um ficheiro ADS.TXT com o seu Google ID, é importante adicionar a totalidade (incluindo as linhas dedicadas ao Google) das linhas do ficheiro ADS.TXT de The Moneytizer. Todas as informações relativasao ficheiro ADS.TXT : https://www.themoneytizer.com/blog/fichier-ads-txt-the-moneytizer/https://pt.themoneytizer.com/blog/urgente-ficheiro-ads-txt-a-nova-norma-internacional-obrigatoria-para-monetizar-o-seu-website/

O meu website está na lista negra do Google Adsense, posso inscrever-me na sua plataforma ?

Acontece que o Google « blacklist » alguns websites, e isso pode ser por diferentes razões:

- Primeiro, porque detecta actividade fraudulenta no seu website (se cliquar nas suas próprias banners para aumentar o seu rendimento, falso tráfego, robôs que geram cliques…)
- Segundo, porque o seu conteúdo é impróprio para monetização para anunciantes FMCG (conteúdos pornográficos, ilegais, racistas, streaming…)


Saiba que, em geral, é muito complicado para um editor opor-se à decisão do Google e de ser « de-blacklisted ». É um processo muito arriscado : não pode ter contacto directo com um representante, tem que passar por vários formulários… na maioria das vezes, em vão, em caso de fraude. Além disso, em muitos casos, o Google não explica por que é que foi posto na lista negra e entender as políticas do Google não é uma tarefa simples.
Para um editor, estar na lista negra do Google significa frequentemente perder a sua única solução de monetização e um rendimento que pode ser muito importante. Por isso, aconselhamos que mantenha o seu website com conteúdo e tráfego de qualidade, para que isto nunca lhe aconteça.

Saiba que embora o Google sejaum dos nossos parceiros, existem muitos outros que lhe permitem rentabilizar o seu website (se o seu tráfego / actividade for limpa, claro!). No entanto, o Google é hoje o maior fornecedor mundial de publicidade online porque é utilizado por milhões de anunciantes em todo o mundo. Como o Google preenche uma grande parte do seu inventário publicitário, será difícil de o preencher a 100% após o blacklisting. Isto significa que não estará anunciando permanentemente e que alguns dos seus visitantes não serão expostos à publicidade (resultando isto numa queda do seu rendimento). No entanto, The Moneytizer trabalha com cerca de quarenta parceiros mundialmente reconhecidos, a fim de optimizar a monetização dos seus espaços.

Então, quando se está na lista negra do Google, pode ser muito interessante tentar colocar novos tipos de formatos no seu website que não são propostos pelo Google. Isto permitir-lhe-á gerar complementos de rendimento muito bonsgraças a formatos inovadores que beneficiam de bons CPM. Não se esqueça dos formatos e vídeos impactantes, muito apreciados pelos anunciantes ;)

O Google já não indexa as minhas páginas, desde que coloquei os vossos tags publicitários. Porquê ?

O script bloqueado pela indexação do robô do Google é um script publicitário.
Mesmo com este aviso, o facto de este script ser bloqueado pelo Google não afecta, em nada, a indexação das suas páginas. Este recurso é bloqueado, portanto o Google ignora-o, o que não significa que o resto da página seja ignorado.
Se fosse um recurso crítico (por exemplo : um código JavaScript necessário para que a página fosse exibida correctamente), o Google não indexaria a página. Como o Google não sabe se é este o caso, a consola apenas fornece um alerta por precaução. Este comportamento é, portanto, normal no caso de utilizar um anúncio programático.