As alternativas ao Adsense após a sua proibição


Comentário

Hoje em dia, muitos proprietários de websites utilizam o Google AdSense para rentabilizar o seu website. No entanto, a maioria deles não conhece todos os termos de utilização da plataforma. É por isso que alguns sites são proibidos, temporária ou permanentemente, de entrar na plataforma.

Existem regras essenciais que você precisa saber para evitar que o seu site, ou conta, seja bloqueado pelo AdSense:

Para evitar ser banido do Google Adsense, basta seguir as seguintes regras:

  • O conteúdo sexual é estritamente proibido e não é aceito pelo Google.
  • Não tente enganar o Google colocando anúncios “clickbait” a seu favor
  • Não ser totalmente transparente com AdSense sobre as políticas de privacidade do seu website.
  • Tentar esconder algo do Google é uma péssima ideia: o Google acaba sempre descobrindo a verdade.
  • Tenha cuidado para não colocar muita publicidade no seu website, isso pode fazer com que seja banido. Muito anúncio não significa receitas elevadas.
  • É estritamente proibido clicar repetidamente nos seus próprios anúncios ou utilizar um robô para este fim. Os cliques fraudulentos são contra as regras de utilização do Adsense. Portanto, em caso de dúvida, eles irão te enviar um email informando sobre a suspensão da sua conta.
  • Não deve modificar os códigos do Google AdSense que lhe foram fornecidos ou integrá-los no iFrames. São permitidas ligeiras modificações, mas não se deve tocar no código final.
  • Não é necessário criar uma nova conta para cada novo website

Alternativas ao Google Adsense

Infelizmente é possível ser banido da plataforma de um gigante da publicidade. No entanto, existem formas de recuperar a sua conta. Ao preencher um formulário, por exemplo, poderá chegar ao Google. Mesmo assim, as hipóteses de o Google Adsense reconsiderar a sua decisão são muito reduzidas. Neste caso, ou simplesmente se quiser diversificar as suas fontes de rendimento, podemos oferecer-lhe várias soluções.

As redes de anúncios CPM são a melhor alternativa

As agências de publicidade ao CPM como a nossa são as alternativas mais simples e mais rentável. A The Moneytizer garante anúncios “pay-per-impression” de qualidade que podem muito bem ser a melhor opção para o seu website, uma vez que não exigem qualquer ação por parte do utilizador.

Por exemplo, na The Moneytizer, reunimos todos os formatos mais lucrativos para os nossos editores. Dos formatos padrões aos formatos mais impactantes, tais como o Skin ou Conteúdo Recomendado, estes diferentes formatos permitem-lhe encontrar aqueles que melhor se adequam ao seu site e que correspondem ao design e experiência que pretende proporcionar aos seus visitantes.

A nossa plataforma é baseada num sistema de leilão chamado “Header Bidding”. Por outras palavras, cada vez que uma página é carregada, geramos um micro-leilão entre os nossos 40 parceiros, com o objectivo de maximizar as receitas dos nossos editores.

E pode tirar partido desta tecnologia, que está normalmente reservada para os maiores sítios.

Afiliação, a lógica do esforço

O marketing de afiliação é um método de marketing baseado no desempenho, em que uma empresa recompensa os resultados dos afiliados. Os quatro pilares essenciais são :

  • O anunciante
  • A agência de publicidade
  • O afiliado
  • O utilizador

Este método se une frequentemente com outros métodos de publicidade. Os editores utilizam frequentemente outros métodos de marketing, tais como SEO, content marketing, e-mail marketing e SEA. Muitas vezes ignorados pelos anunciantes, os afiliados ainda desempenham um papel importante nas estratégias de marketing.

Para ser claro, a filiação é uma alternativa remuneradora ao Adsense, mas requer um investimento de tempo, bem como pessoal, para trabalhar.

Conteúdo recomendado: “Cuidado com o “click-bait”! “

Pense na última vez que leu um artigo e viu várias miniaturas de artigos “RECOMENDADOS PARA VOCÊ”. A isto chama-se “conteúdo recomendado”.

A ideia é vender aos editores uma forma de gerar receitas elevadas a partir do seu site sem a execução de anúncios invasivos e intrusivos. Estes motores de recomendação são normalmente muito fáceis de implementar, mas podem ser vistos como contra os interesses dos editores, uma vez que levam o seu visitante para outros sites. Além disso, muitos editores sentem-se frustrados por não serem capazes de controlar a qualidade e a relevância do conteúdo que estão oferecendo.

De facto, o conteúdo recomendado é considerado muitas vezes como puro e simplesmente “click-bait”. Na realidade, por vezes, o conteúdo entregue não corresponde aos interesses dos utilizadores. Na pior das hipóteses, pode chocá-los ou irritá-los.

Quais são as outras opções?

Há muitas opções para rentabilizar o seu site, mas nem todas são totalmente rentáveis. Por exemplo, pode tentar fazer publicidade pop-up, mas é muitas vezes considerada irritante e invasiva. Outra solução poderia ser você fazer publicidade “direta”, mas isto requer tempo e um bom conhecimento do mercado para garantir que não seja enganado.

Em conclusão, há muitas soluções mas cabe a você decidir qual é a melhor opção para o seu site.  Dependendo da sua concepção, da experiência que deseja oferecer aos seus visitantes, do tempo que pode investir na sua rentabilização, etc., pode decidir qual é a melhor opção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *