A psicologia por trás da publicidade digital


Comentário

Sabia que todos os anos são exibidos 5,3 trilhões de anúncios na Internet? Um número tão grande pode fazê-lo pensar que ou há tanta publicidade digital que é impossível para um anunciante ser ouvido, ou exibir anúncios funciona tão bem que todos querem fazer!

Em alguns aspectos, ambas estas teorias estão corretas. Pode ser difícil diferenciar-se num espaço tão superlotado, mas se a sua marca se destacar, uma estratégia de publicidade digital irá beneficiá-lo. Vamos explorar isso com um pouco mais de detalhe.

O que torna um anúncio psicologicamente eficaz?

O objetivo de um anúncio é fazer reagir o público. Quer seja para que comprem algo ou se inscrevam num curso.

A melhor maneira de produzir este resultado é gerar emoção em quem vai ver o anúncio. Se nos sentimos emocionalmente envolvidos, é mais provável que tenhamos alguma interação com o anúncio.

Se o seu anúncio incluir pessoas, certifique-se de que as suas expressões são visíveis.

Um estudo da Universidade de Melbourne mostra que as pessoas irão compartilhar mais um anúncio se forem capazes de interpretar expressões faciais, mesmo negativas, do que se não conseguirem interpretar nada.

Se os espectadores perceberem que a empresa ou marca tem um coração e se preocupa com algo que não seja com ela própria, é mais provável que a sua audiência o siga. Se as emoções não estiverem presentes, os seus anúncios ainda podem ser eficazes, seguindo outra tática.

Coisas simples como adicionar cores ou mudar a cor do botão de “chamada para ação” ajudarão a chamar a atenção do seu público.

Se houver uma imagem de um produto num anúncio, será mais eficaz caso encoraje a interação mental. Isto significa que uma imagem, tal como uma xícara de chá, deve ser orientada de tal forma que as pessoas se imaginem usando ela.  A xícara deve ser virada de modo a que o cabo fique do lado direito (o lado dominante para a maioria das pessoas).

Aplicar esta psicologia aos anúncios digitais.

Todas as táticas acima aplicam-se a todos os tipos de publicidade. A publicidade digital tem um ingrediente secreto: dados do utilizador. Os anúncios digitais têm a capacidade de ser direcionados com base em cada pessoa e nas suas compras ou visitas de sites. Assim, psicologicamente, as pessoas já estão preparadas para estes anúncios.

É provável que tenham interagido com algo online que tenha levado o anunciante a selecioná-los como parte do seu público alvo.

São pré-qualificados de certa forma e, portanto, mais propensos a responder aos anúncios.

Quando os consumidores são visados por anúncios digitais, significa que já interagiram com o produto ou serviço do anúncio que lhes está sendo oferecido. Isto os torna mais propensos a seguir o anúncio, quer queiram mais informação, que simplesmente reconheçam o nome ou que estejam prontos para comprar.

Os cartazes, a televisão e outras formas de publicidade falham nesta etapa de qualificação. Os anúncios digitais têm portanto a capacidade única de gerar uma elevada taxa de conversão. Quando se trabalha com uma empresa como The Moneytizer, iremos ajudar a atrair os anúncios que os visitantes do seu site querem ver. A psicologia assume a partir daí, o que pode levar a muitas conversões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *